domingo, 16 de junho de 2013

Chás termogênicos são aliados do emagrecimento. Saiba preparar e incluir na dieta

cha_dentro_img_principal

Tomar a quantidade certa por dia e ficar atenta ao preparo otimizam os resultados

Um corpo enxuto, livre dos quilinhos extras que teimam em aparecer na silhueta, é um objetivo comum na vida das mulheres. No frio, é possível alcançar essa meta e, de quebra, ainda ficar bem quentinha. Como?  Bebendo os chás certos, que além de dar uma mãozinha na imunidade, também são potentes aliados na aceleração do metabolismo e no emagrecimento.

“Para acelerar o metabolismo e favorecer o emagrecimento, um dos segredos é tomar chá diariamente”, diz a nutricionista Liliam Teixeira, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Ingerir as infusões é sim eficiente, contanto que sejam usadas na medida certa. “Aliadas a uma alimentação correta eles podem ajudar bastante, o problema é que as pessoas querem que o chá faça efeito sozinho”.

As ervas da boa forma

Ingrid aconselha três ervas como ótimas opções para o emagrecimento. “Tem a Citrus aurantium, conhecida como laranja amarga, que é uma fruta bem amarga, tem uma ação similar a efedrina e age estimulando a quebra de gordura”, explica ela. A Garcinia cambogia, que inibe a formação de gordura, e o chá verde, que aumenta o gasto de energia e a oxidação das gorduras, também são recomendados pela nutricionista. 

Além das três, Liliam indica ainda as ervas de efeito termogênico, como o branco e vermelho(Camellia sinensis), fucus e hibisco. “Para fazer efeito, o ideal é tomar, durante duas semanas, de 500 ml a um litro por dia, nos intervalos entre as refeições principais”, ensina ela. 

Preparando do jeito correto

As duas nutricionistas dizem que a maneira de fazer a infusão é indispensável para o resultado. O jeito certo de preparo é ferver a água sem as ervas. Quando levantar fervura, desligue o fogo e acrescente as folhas, abafando com uma tampa por aproximadamente 10 minutos. Ao final, basta coar e servir ou, ainda, gelar nos dias mais quentes. Lembre-se de sempre tomar o preparado no dia. “Se o gosto amargo não agradar, dá para associar com chás como o de camomila e erva doce. Mas o açúcar, no máximo mascavo e em pouquíssima quantidade”, fala Ingrid.

Apesar da mistura de mais de um chá para emagrecer ser interessante, Liliam diz que não devem ser combinadas muitas ervas, pois podem entrar em conflito e atrapalhar o resultado. 

As profissionais alertam, ainda que é preciso tomar cuidado a ingestão demasiada de chá verde e da laranja amarga, que aumentam muito o batimento cardíaco. E Liliam também reforça a preocupação com a saúde: “Depois da ingestão por duas semanas, modere na dose, pois prolongar esse tipo de hábito a longo prazo pode trazer efeitos adversos, como um prejuízo na absorção de diversos nutrientes pelo organismo”. 

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Escolha o videogame ideal para você

images

Escolher um console não é tarefa fácil. Uma série de fatores determinantes devem ser levados em conta antes de se adotar um videogame.

O primeiro e mais imediato fator a ser observado é a oferta de títulos do console. Não adianta comprar um console de olho apenas nas especificações técnicas. Sem jogos legais, um videogame não passa de um eletrodoméstico caro.

Existem três perfis de jogadores:

o casual, o médio e o hardcore.

O jogador casual

é aquele que só joga de vez em quando, ou por curtos períodos de tempo. Ele preza a diversão acima de tudo. Nessa categoria a maioria das pessoas se enquadra, especialmente crianças e pessoas mais velhas, que não cresceram em contato direto com os jogos eletrônicos. Para o jogador casual, a melhor opção são os consoles portáteis, como o Nintendo DS Lite e o PSP, que permitem que se jogue em qualquer lugar, à qualquer hora.

Para os jogadores médios

isto é, pessoas que têm jogos inseridos em seu dia-a-dia de forma regular, o ideal é escolher um console que ofereça um bom equilíbrio entre desafio, qualidade e quantidade de jogos.

O PlayStation 2, que reproduz DVDs de filmes, é o console que mais jogos oferece, mas isso não significa exatamente que todos são bons. Existem pérolas inesquecíveis para o console, como Metal Gear Solid 3 e o ultra popular jogo de futebol Winning Eleven.

O PS2 é o console mais vendido do País, mas também é o mais assolado pela pirataria.

O PlayStation 2 está no final de seu ciclo de vida, mas terá alguns bons lançamentos por no máximo dois anos.

O Xbox, primeiro console da Microsoft, seria uma excelente opção, mas ele infelizmente chegou ao final de sua vida útil. Não sairão mais games matadores para ele, apesar da robustez de seu hardware e boa qualidade de seus títulos.

O GameCube também padece do mesmo mal do Xbox. Apesar de ter um hardware competente, ele praticamente não receberá lançamentos depois de dezembro.O Cube roda apenas jogos.

Para os jogadores hardcore

aqueles que têm forte ligação com os jogos e não se importam de gastar mais dinheiro em games e equipamentos, a nova geração é o caminho.

O Xbox 360 é a melhor opção para os gamers do Brasil. Agora começam a sair os melhores jogos da plataforma, que, além de contar com o melhor serviço de games online, será lançado oficialmente no País. Ele roda MP3 - até permite que se conecte um iPod - filmes em DVD e exibe fotos digitais.

O Nintendo Wii é ideal para aqueles que buscam interação diferente. Seus sistema de controle, que detecta movimento, dá oportunidade para que novas idéias aparecem dentro dos jogos. O console também permite que se veja fotos digitais.

O PlayStation 3 ainda é uma incógnita. Muito mais caro que seus concorrentes, com poucos grandes jogos no lançamento, ainda não se sabe se emplacará no mercado internacional, muito menos no Brasil. Ele roda filmes em DVD e em Blu-Ray, além de tocar músicas e exibir fotos.

Áudio e vídeo são fatores importantes

Não adianta investir uma nota em um console de última geração se você vai ligá-lo a uma televisão velha, com som esganiçado.

O Xbox 360 e o PS3 são videogames que fazem uso intenso de gráficos em alta resolução. Eles funcionam normalmente quando conectados a um televisor comum, mas grande parte dos detalhes gráficos se perdem. O ideal é utilizar um televisor compatível com o padrão HDTV, que permita o uso de resoluções de 480 e 720 linhas progressivas. Existem no mercado bons televisores de tubo, mais em conta, com 480 linhas progressivas, e TVs LCD com 720 linhas progressivas. É claro que nesse tipo de TV deve-se usar cabos do tipo vídeo componente ou HDMI, ou a vantagem da alta resolução não é utilizada.

O Wii é pensado para televisores de resolução convencional (480 linhas entrelaçadas), mas é melhor utilizar um aparelho de tela plana, conectada por um cabo tipo vídeo componente, para conseguir imagens mais limpas e claras.

Para as três plataformas de nova geração, o som é um detalhe crucial. Os jogos fazem uso intenso do sistema de som de 5.1 canais para criar uma atmosfera imersiva.

Um bom receiver, dotado de entradas digitais do tipo óptica, ligado a boas caixas de som e um subwoofer do tipo ativo é mais do que suficiente para que as explosões ressoem pela sala.

O games de hoje são como filmes, com trilhas sonoras orquestradas, textos falados por atores e efeitos sonoros impactantes, que fazem uso do sistema surround do receiver.

Jogar usando apenas os alto-falantes do televisor é desperdício puro.

Para jogar conectado, o melhor é usar Wi-Fi

Todos os consoles de nova geração oferecem algum tipo de conectividade à internet.

No Xbox 360, metade da diversão está no serviço Xbox Live, que reúne, além da capacidade de se jogar online com os amigos, versões de demonstração de jogos, músicas, filmes, vídeos e jogos casuais para download. Para conectar o console via Wi-Fi, é necessário o uso de um adaptador, vendido separadamente.

O Wii conta com um revolucionário serviço online chamado Wii Connect24. O console baixa automaticamente conteúdo da rede, como demos e jogos casuais. O Wii vem habilitado de fábrica para conectar-se via Wi-Fi.

O PS3 também conecta-se à web para baixar conteúdos. Porém, apenas a versão de luxo, que vem com HD de 60 GB e custa US$ 599 nos EUA, virá equipado com conectividade Wi-Fi. O modelo mais simples, com HD de 20 GB, pode ser conectado direto a um modem banda larga.

Todos os consoles se comunicam com facilidade a roteadores Wi-Fi do tipo 802.11 G e B, devidamente configurados, que podem ser protegidos por senha, para evitar que espertinhos peguem carona na sua rede.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Quer investir o seu dinheiro? Conheça outras opções além da poupança que podem te ajudar na rentabilidade

cofre_dentro_img_principal

Saiba como fazer o dinheiro render para realizar os seus sonhos

Vender um carro, retirar o fundo de garantia ou até mesmo economizando o salário são forma de juntar aquele dinheiro suado e partir para um investimento. A dúvida fica por conta do que investir que seja seguro e que tenha uma boa rentabilidade. Para esclarecer e te direcionar para o investimento que mais se encaixa com as suas necessidades e que fuja da tradicional poupança, duas especialista financeiras conversaram com o DaquiDali e apontaram as opções existentes.

Investir em algo é ter o reflexo do seu esforço no trabalho e te traz satisfação pelo feito”.

É muito importante para qualquer investimento, a pessoa fazer um planejamento do que ela quer com o investimento, ou seja, se é a curto, médio ou longo prazo, e qual o objetivo com o mesmo, para assim escolher o que mais se encaixa”.

Imóveis

A médio e a longo prazo, investir em imóveis na planta é um ótimo negócio para se obter uma rentabilidade grande. “Você pode comprar esse imóvel na planta direto com a construtora por um preço bem menor do que ele já pronto, assim, quando o mesmo estiver concluído, você terá em suas mãos um investimento que vale muito mais”, explica Roberta. Como em todo investimento, este também requer alguns cuidados antes de entrar. “É importante você fazer uma pesquisa da construtora, ou seja, pesquisar na internet , perguntar para outras pessoas, tudo para saber se a mesma cumpriu prazos e se tem qualidade”, aconselha.

Bolsa de valores

A bolsa de valores é muito conhecida pelos autos investimentos de empresários. Porém é também um lugar onde uma pessoa física possa fazer a sua aplicação. “O rendimento geralmente é alongo prazo, depende em que empresa a pessoa investiu”, explica Aline Rabelo. “Na bolsa de valores, você pode encontrar empresas que tenham uma boa rentabilidade que supere até a sua renda mensal”, frisa. A coordenadora também conta que é importante uma boa avaliação da empresa, para ver se a mesma obtém lucros consistentes e se é uma boa pagadora dos dividendos.

Tesouro direto

Ainda pouco conhecido, o Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas desenvolvido pelo Tesouro Nacional, em parceria com a BM&FBOVESPA que segundo a consultora Roberta é investimento seguro e a retirada do dinheiro pode ser em qualquer tempo. “Como o dinheiro fica com o governo, as chances de ele falir com o seu dinheiro são bem menores”, lembra. O importante aqui também é você pesquisar no próprio site do programa o investimento que mais se encaixa com o seu perfil e suas necessidades. “O legal é você começar investindo baixo, para avaliar os rendimentos, se você obtiver um bom resultado, ai vale a pena investir uma quantia maior”.

sábado, 1 de junho de 2013

Liso ou enrolado? Saiba que bico do secador usar para cada efeito

secador_dentro_img_principal

Cada tamanho tem uma finalidade, que otimiza o seu tempo e o resultado

O secador é quase indispensável no frio, já que o cabelo fica úmido por mais tempo, favorecendo uma série de problemas, como os resfriados e fungos. Apesar disso, quem nunca teve dúvidas de qual bico usar na hora de fazer aquele superalisamento ou na modelagem dos cachos perfeitos? Como cada um deles foi idealizado especialmente para um efeito determinado, o DaquiDali te conta a função dos três mais básicos e importantes, aqueles que costumam acompanhar os secadores domésticos e semiprofissionais:

Bico pequeno
“O bico pequeno serve para fazer uma escova mais modelada, com as pontas mais viradas e trabalhadas”, conta o hairstylist Dimas Vicente. O ar é mais concentrado nesse tipo de bico, o que facilita na hora de modelar franjas e pequenas mechas. “Para um resultado bacana deve-se usar em mechas de um a dois dedos, no máximo”, completa.

Bico largo
O bico mais largo espalha mais o ar quente e deixa o trabalho de alisar as madeixas muito mais rápido e prático, mas não espere um efeito com cachos nas pontas. “Ele é ótimo para tirar o excesso de água e para a escova bem lisa, quando você não quer nenhuma onda”, diz.

Difusor de ar
“O difusor deve ser usado em cacheados ou ondulados, para um efeito natural”, indica Dimas. Ele pode ser aliado a pomadas e cremes ativadores de cachos nas pontas dos fios, principalmente se for feito o movimento de massar os fios enquanto seca, o que ajuda a definir os caracóis. Além disso, o acessório ajuda a secar melhor a raiz do cabelo, e pode ser uma boa opção para quando você não quer sair com os cabelos molhados, mas também não tem tempo de trabalhar em uma escova completa.

Usando o secador corretamente
Não importa a sua pressa ou o quão liso você quer que seu cabelo fique, o secador nunca deve ser usado muito próximo ao fio. “Se fica muito próximo da fibra capilar, ele prejudica, resseca e dá frizz, porque você vai romper a cutícula do cabelo”, adverte o hairstylist. A distância correta é de pelo menos cinco centímetros, e deve ser maior se o aparelho estiver ligado na temperatura mais alta.

Além de manter a distância segura, lembrar-se do jato frio pode salvar seus fios, já que o calor excessivo os deixa opacos e secos. Quando precisar tirar apenas o excesso de umidade, opte por essa função, que também deve ser aplicada rapidamente após a escova, reduzindo as chances de o cabelo armar no decorrer do dia.