quinta-feira, 14 de março de 2013

Pediatra dá dicas de como evitar e tratar assaduras de bebê

bebe_dentro_img_principal

O melhor caminho para deixar seu filho longe do problema é investir nas trocas frequentes de fralda.

Você comprou os melhores produtos de higiene para o seu filho e ainda assim ele aparece com uma enorme assadura no bumbum. O que fazer? O segredo para evitar a dermatite na pele do bebê é, segundo o pediatra do Hospital São Luiz Dr. Marcelo Reibscheid, investir na combinação de trocas frequentes de fraldas com cuidados preventivos. “É muito importante que a limpeza seja feita de forma correta. No geral, orientamos a cada mamada, de três em três horas ou logo após a evacuação”.

Esse primeiro cuidado, diz o especialista, é essencial para garantir a saúde da pele da criança. No entanto, quais seriam os principais motivos do problema? De acordo com o médico, a inflamação, pode ter diversas causas. “Pode ocorrer por uma higiene inadequada, alguma sensibilidade à fralda ou algum produto específico, alteração no pH fecal, mudança na alimentação, diarreia ou, simplesmente, não ter causa aparente”, ele afirma.

Também é importante apostar em itens de boa qualidade como, por exemplo, fraldas de alta absorção e cremes que contenham em sua formulação substâncias hidratantes, regeneradoras e hipoalergênicas, sem perfume e corantes, para evitar maior agressão da pele já irritada. “Devemos sempre ficar atentos a reações inesperadas na derme, como vermelhidão ou qualquer sinal estranho”, orienta o pediatra.

A assadura apareceu?

1. Ao primeiro sinal da pele irritada, limpe a região das pernas e o bumbum do bebê com água morna e sabonete. Procure, também, aumentar as trocas das fraldas a fim de evitar maiores complicações. O tratamento irá variar confirme a assadura. O importante é entrar em contato com o pediatra para que ele possa identificar a causa e instituir o tratamento mais adequado”.

2. Deixe o bebê por alguns minutos sem fralda, em dias mais quentes, para ventilar o local.

3. Na falta de produtos industrializados recorra às receitas caseiras da “vovó”. “Existe a indicação do amido de milho, clara de ovo, chá de camomila, que muitas vezes poderão solucionar, amenizar, prevenir o problema”, conta o médico.

4. Não use talco. O produto pode abafar a pele e irritar ainda mais a região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário