terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Reflexologia pode ajudar no combate à insônia, estresse e dores de cabeça

reflexo_dentro_img_principal

Depois de um dia bastante produtivo, é provável que os pés fiquem cansados e doloridos, afinal, são eles os que mais sofrem com o vai e vem, as longas caminhadas e com os sapatos superapertados. Uma técnica oriental milenar, no entanto, pode acabar com esse incômodo ao mesmo tempo em que trabalha o equilíbrio físico e emocional do corpo. “A reflexologia foca os pontos reflexos nos pés que correspondem a cada órgão, glândula e estrutura do corpo. Conforme os pontos vão se libertando das toxinas, ocorre um processo de limpeza e redução da tensão”, diz a massoterapeuta Thabata Martins. 

A massagem, de acordo com a especialista, pode ser aplicada em pessoas de qualquer idade: bebês, idosos, grávidas e pacientes oncológicos para aliviar dores e tensões. “Ela também uma ótima aliada no combate às dores físicas mais comuns do dia a dia”.  A seguir, alguns exercícios ensinados pela massoterapeuta para você testar e aliviar os incômodos em casa.

Dor de cabeça: “para amenizar, aperte a ponta do dedo médio, no centro da face oposta à sua unha. Pressione esse ponto para conseguir obter o resultado desejado”.

Tensão no pescoço: “pressione a face dorsal e lateral da articulação do dedo médio. O estímulo vai incomodar, mas logo passa”.

Estresse: “faça uma massagem nos pés com creme natural ou óleo em direção ao calcanhar, com movimentos circulares. Repita a massagem na lateral dos dois pés e no dorso também”.

Insônia:“faça movimentos com pressão na ponta dos dedos dos pés ou das mãos. Aperte cada dedo e solte após 60 segundos. Essa técnica tem a finalidade de estimular o sono”.

Dicas especiais
Para maximizar e melhorar ainda mais os efeitos da terapia, Thabata recomenda um escalda-pés antes de iniciar a massagem terapêutica. “Ele é excelente para revigorar o ânimo e deixar os pés relaxados. E isso garante mais eficácia à reflexologia, melhorando os resultados obtidos”, destaca. Os exercícios podem ser feitos com o uso de óleos, álcool ou líquido antisséptico.  Devem-se pressionar os pontos do pé de forma equilibrada (sem forçar muito ou pouco), pois o paciente precisa sentir o toque, explica a especialista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário