sábado, 12 de janeiro de 2013

Inventando arte: o que colocar nas molduras?

Adorei a ideia de reunir várias fotos numa só moldura grande. O varal fotográfico lembra tempos passados e faz charme com os prendedores de madeira. Se a moldura for colorida, vale pintar os prendedores da cor da moldura e usar cordas no mesmo tom, para um efeito mais contemporâneo.

quadro2_thumb

Outra ideia com foto, mas fugindo do banal: o sapatinho do baby vai junto, para lembrar um momento querido ou uma pessoa importante na vida.

quadro3_thumbEssa é para fotos de viagem: tickets e outras lembranças que vieram na mala vão todas juntas para a parede, numa mesma moldura. Pode valer também para datas especiais, como Dia das Mães, Natal, aniversário… É só ter uns guardados!

quadro4_thumbSilhuetas também são uma alternativa – ou um complemento para as fotos. Fica menos óbvio e mais divertido. E não precisa ser só de gente, não. Pode ser o manequim de costura amado, o cachorro, o Fusca…

quadro5_thumbAchei essa ideia perfeita: todo mundo da família pode estar reunido numa mesma moldura, em forma de silhueta. Uma espécie de árvore genealógica nada literal.

quadro6_thumbEssa ideia é parecida com uma da Ju: as impressões das mãos na moldura. Gostei da sobreposição, porque é possível reunir pai, mãe e filhos de uma vez só. E ainda dá para recortar cada uma com uma estampa que traduza a personalidade ou os gostos pessoais.

quadro7_thumbMapa bordado! Se você é de um Estado, seu marido de outro, o filhote nasceu em outro… Vá bordando os deslocamentos. A mesma ideia vale para viagens especiais ou até para homenagear as imigrações dos ancestrais. (Perfeito para um país como o Brasil, onde quase todo mundo é de família de imigrantes…)

quadro8_thumbMais lembranças na moldura, dessa vez num clássico: entradas, tickets, folhetos… Pode ser de shows bacanas que você foi, guardados de viagens, de encontros românticos do casal… Ou até mesmo para expor coleções.

quadro9_thumbPara mais lembranças de família: você pode emoldurar uma peça de crochê da sua avó, um bordado da sua mãe, uma toalhinha da sua tia… É só procurar algo querido nas gavetas!

quadro10_thumbDuas ideias que reúnem coleções, pintura e objetos emoldurados. Nessa primeira, uma coleção de chaves antigas foi pintada de turquesa – mesma cor da moldura – e foi parar na parede, ao invés de ficar guardada mofando…

quadro11_thumb

Nessa outra, os brinquedinhos de plástico (pode ser a coleção que você guardou da infância – sua ou do seu filho, ou pode ser um kit comprado só para esse fim) foram pintados todos da mesma cor e dispostos para passar uma mensagem. Quem disse que você não pode ser o artista que assina suas próprias obras, hein?

quadro12_thumbMais coleção! Moldura preta vazia e câmeras fotográficas antigas. Raridades merecem mesmo lugar de destaque. E se não quiser pendurar os quadros na parede, como é o caso da Ju, vale prender cada item da coleção na madeira de fundo da moldura e deixá-la apoiada. Não funciona para itens pesados (como as câmeras), mas é uma boa pedida para objetos leves e que não sejam frágeis.

quadro13_thumb

Capas de vinis, de livros, de revistas… É bacana e está dando sopa por aí? Coloca na moldura já!

quadro14_thumb

Você ainda tem as roupas da sua Barbie? Que tal emoldurar? Vale para roupinhas de bebê e toda sorte de lembranças têxteis: lenços, camisetas, luvas, meias e até calça jeans. Se ficou com pena de doar e também não usa mais, a saída pode estar numa moldura aí perto de você…

quadro15_thumbPara quem gosta de moda e costura, moldes antigos. Para quem gosta de carros, fotos ou anúncios. Para quem gosta de cozinhar, receitas manuscritas… Aqui vale a máxima: diga-me o que gostas e te direi o que emoldurar.

quadro16_thumb

Moldura vazia? Sim, com letra pendurada. Ou com qualquer outro objeto que você bem entender. É só pegar um pedaço de fita, prender direitinho e pronto.

quadro17_thumbDuas ideias com botões. Na primeira, uma palavra escrita com eles. Pode ser o nome ou qualquer outra coisa que faça sentido por aí. E nem precisa ser botão, na verdade. Qualquer objeto pequeno o suficiente e em quantidade o suficiente vai fazer bonito.

quadro18_thumbPalavras não são o seu forte? Que tal uma imagem? Aqui a borboleta é formada por botões. Poderia ser a silhueta de alguém (vi algumas da Rainha Elisabeth… alguém se habilita?), um coração romântico, uma tesoura, qualquer coisa que tenha significado forte para você.

quadro19_thumb

Voltando às borboletas, olha só que efeito bacana o dessas de papel. É só desenhar, cortar com estilete e emoldurar, sem vidro, claro.

quadro20_thumb

 

Por falar em papel, figuras de origami também são ótimas para emoldurar. Nesses quadros aí, um passo a passo bem lúdico, que diverte os olhos e ensina a reproduzir as formas.

quadro21_thumb

Nenhum comentário:

Postar um comentário