terça-feira, 29 de maio de 2012

Quando você não vai bem no relacionamento!

Quais as principais causas das crises entre os casais e como resolve – las.

namorados

Sinais de crise:

De forma geral, os conflitos são consequências da postura egocêntrica do casal, que se concentram em suas próprias necessidades , desprezando as do outro. Dessa forma, geram mágoas que se ampliam pela falta de dialogo. Os desentendimentos mais comuns vão desde o contexto cultural que foram criados, ou até desentendimento com a família do parceiro.Também existe o fator de expressão de sentimentos a famosa “moeda de troca”, cada pessoa tem a sua forma de sentir r de se expressar seus sentimentos, a falta de entendimento disso causa inseguranças, ciúmes e insatisfações.

Filhos:

Na minha humilde opinião essa é a pior parte, se a relação não vai bem não é a chegada de um filho que vai melhorar, muito pelo contrario, adequar – se a essas transformações exige muita compreensão de ambos, mais a medida que vão se superando essas dificuldades, os laços afetivos se fortalecem. Entretanto, é importante que se definam bem os papéis, a mulher não se torne apenas mãe inclusive do marido, e o pai não se sinta rejeitado, como a maioria dos casos.

Traição:

Infelizmente muitas pessoas preferem trair, para fugir dos problemas, mais na minha opinião ela não só esta traindo o seu cônjuge, mais esta traindo os filhos, a família e a si mesma. A pergunta que não quer calar, pra que trair???? porque não tenta sentar e resolver os problemas do casal? Se não ama mais, se não existe mais sentimentos, porque continuar? Construir um bom relacionamento requer renúncia, tolerância e dedicação. Diante disso, uma relação extraconjugal é impossível, tente se abrir mais, nada como uma boa conversa, agora se não existe mais o sentimento, antes de partir pra outra, separe-se primeiro, ok #fica dica

Violência Domestica:

Isso é um problema muito sério e difícil de se resolver, pois depende muito da conscientização dessa mulheres, os motivos normalmente são “torpes”, não lavou a louça, o marido chega bêbado e quer surrar sua esposa, muitas mulheres se submete a isso por baixa estima, falta de confiança, dependência financeira, são os principais fatores.

Resolvendo os problemas:

Parceria: O importante é que o casal mantenha a vontade de atravessar a crise juntos. Quando se desenvolve a tolerância, a paciência e a compreensão pelo outro, a relação se fortalece e a felicidade é construída.

Dialogo: Busque ouvir mais seu parceiro, mais ouvir no sentido de entender e falar também de forma a se fazer entendido.

Sem rotina: Tente transforma – lá num elemento a favor com acordos construídos pela vontade de ambos. É preciso muito cuidado para que não se sobreponha as vontades do outro e que os dois se sintam satisfeitos na construção do cotidiano.

Sem decepções: Evite ilusões. O grande problema dos casais é a imagem idealizada que fazem do outro, a frustação é certa. na convivência do dia a dia é bem diferente do namoro, as pessoas são diferentes e precisam ser respeitadas dessa forma.

2 comentários:

  1. Gostei do artigo, certamente vai ajudar muita gente! Beijos
    Passa lá no meu também
    www.cantinhodasmakesbylu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o post flor!
    A vida conjugal é difício mesmo,mais colocando
    Deus acima de tudo,ele nos dá força
    para enfrentar qualquer problema!
    Adorei o blog estou seguindo!
    beijinhos
    Dessa Jolie
    http://dessajoliiee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir